Nunca se defenda

Publicado em: 28 de agosto de 2017

Categorias: Devocionais

Visualizações: 450

Tags:

 

Êxodo 23.21

Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não te rebeles contra ele, porque não perdoará a vossa transgressão; pois nele está o meu nome.

Li recentemente o livro de A.W. Tozer intitulado “5 votos para receber poder espiritual”. Maravilhoso! O terceiro voto trabalhado pelo autor é “nunca se defenda”. O autor não quer dizer com este terceiro voto que devemos ter “sangue de barata” e ficar passivo diante de toda a injustiça. Para o autor, há momentos em que a melhor coisa é aprender a descansar em Deus e colocar nossa defesa em Suas mãos. Deus disse a Moisés: “Serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários” (Ex 23.21).

Não se defender nos ajuda a não cair na armadilha da vingança. É natural que queiramos defender nossa reputação, defender-se de perseguições, difamações, fofocas, desprezo, algum dano, etc. Se você sofre com algumas destas áreas, a melhor coisa a fazer é deixar o problema nas mãos de Deus, pois a vingança pertence a Ele (Hb 10.30). Não se defender nos ajuda também a não cair na armadilha de querer ser como Deus. Nossa justiça é falha. É comparada a um trapo de imundícia (Is 64.6).

Só Deus sabe retribuir em justa medida. Se você tem sido injuriado; perseguido ou difamado por seu chefe ou colegas de trabalho; por vizinhos ou familiares; por pessoas que outrora pareciam estar do seu lado; deixe a vingança nas mãos de Deus. Ore ao Senhor e descanse Nele. Lembre-se que Deus será o inimigo de teus inimigos e adversário dos teus adversários.

Guarde as palavras de Tertuliano: “Você quer ser feliz por um instante? Vingue-se! Quer ser feliz para sempre? Perdoe!”. Tenha uma ótima semana.