Não Faras para ti nenhum ídolo

Publicado em: 3 de julho de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 16

Tags:

Êxodo 20.4-6

Os quatro primeiros mandamentos tratam da relação do homem com Deus. Os seis últimos mandamentos tratam da relação do homem com o próximo. Os 10 mandamentos visam o bem-estar do homem no nível espiritual, moral e familiar; possuem um caráter missional, pois servem como testemunho do amor e da bondade de Deus não apenas para conosco, mas também para com o próximo. Os dois primeiros mandamentos, dão a impressão de se tratarem de um só mandamento, tanto que igrejas como a católica e a luterana não fazem distinção entre eles. O fato é que há uma distinção significativa entre não ter outros deuses (Êx 20.3) e não fazer ídolos (Êx 20.4-6). O primeiro trata de fazer de coisas, um deus. O segundo mandamento trata de fazer de Deus, coisas.

No primeiro mandamento há a proibição de adorar alguém que não é o Deus verdadeiro, no segundo há a proibição de reduzir a imagem do Deus Todo Poderoso, à figura de animais, homens ou objetos. Deus é Espírito (Jo 4.24), Ele é invisível e nenhuma mente humana pode reproduzir a pessoa de Deus. Segundo Ken Sande, “um ídolo é alguma outra coisa, que não Deus, na qual empregamos nosso coração, que nos motiva, que nos controla ou governa ou a qual servimos”. Na antiguidade, os ídolos eram obras feitas por artesãos na forma de amuletos, pessoas ou animais. Hoje, os ídolos são diferentes, podendo ser; trabalho, diplomas, conhecimento, filhos, artistas, líderes religiosos, pirâmides, figas, copos com água, aparência física, etc. Os ídolos têm o grande poder de escravizar. 

Os israelitas foram escravos por 400 anos de uma nação idólatra, o Egito. O salmo 121 é um combate à idolatria. Os pagãos tinham o costume de adorar ao ídolo Baal (divindade cananeia) no alto das montanhas. O salmista, afirma que o verdadeiro socorro não está nos ídolos, mas no SENHOR, criador dos céus e da terra (Sl 121.1-2).  Lembre-se que os ídolos não podem nos socorrer. O salmo 115.9 afirma que Israel confia no Senhor; Ele é o seu amparo e escudo. Em quem você tem depositado a sua confiança? Nos ídolos ou no Deus Todo Poderoso? Pense nisso.