APMT apoia Ação Social na IP da Albânia

Publicado em: 7 de janeiro de 2024

Categorias: Destaques, Notícias

Visualizações: 149

Tags: , , , , , , ,

No coração da Albânia, nos Balcãs, uma equipe diversificada de voluntários de várias partes do mundo uniu forças para realizar a mais recente edição do “Projeto Saúde Alegre para os Balcãs”. Na capital, Tirana, o Rev. Benilton dos Santos e sua esposa Nancy lideraram esforços para estabelecer uma nova igreja, marcando um capítulo significativo na missão da Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (APMT).

Desde 2012, o Rev. Benilton, sua família, e outros missionários têm se dedicado a projetos sociais que abrangem atendimento médico, odontológico e apoio moral e espiritual em diversas regiões dos Balcãs, incluindo Kosovo, Bósnia, Macedônia do Norte, Montenegro e Sérvia. O “Projeto Saúde Alegre para os Balcãs” emerge como uma ferramenta única para disseminar a mensagem do evangelho nesses locais, anteriormente marcados pela opressão do regime comunista.

Apesar de suas portas agora estarem abertas ao cristianismo, a Albânia enfrenta desafios significativos. Sendo um dos 20 países mais pobres da Europa, apenas 34% da população se identifica como cristã, com uma mínima parcela de 0,6% sendo evangélicos. Enquanto isso, o islamismo cresce, abrangendo cerca de 60% da população.

Em outubro de 2023, a equipe do “Projeto Saúde Alegre para os Balcãs”, composta por 23 voluntários de diversas partes do mundo, incluindo Afeganistão, Áustria, Portugal, Austrália, Itália e Brasil, realizou sua segunda intervenção. Profissionais da saúde, evangelistas, pastores e tradutores se uniram para oferecer suporte em diferentes cidades, contribuindo para o trabalho missionário da APMT.

A inauguração da Igreja Presbiteriana em Tirana foi um momento marcante. A glória de Deus encheu o lugar enquanto os participantes celebravam as conquistas na propagação da fé cristã na região. No entanto, a história de perseguição ainda deixa suas marcas. Na Albania existe uma lei guardiã muito antiga, chamada de a “vingança de sangue”. Segundo esta lei, é permitido que uma família vingar a morte de um parente, matando alguém da família do assassino. Uma irmã Albanesa compartilhou sua história de perdão, por haver sofrido a perda de seu marido com esta lei.

O projeto também tem desempenhado um papel crucial ao oferecer suporte a famílias albanesas reclusas devido à ameaça da “vingança de sangue”. Dentistas e médicos voluntários da equipe têm proporcionado atendimento vital a essas comunidades, aliviando o sofrimento e contribuindo para a mudança social.

Se você se pergunta como pode fazer parte desse projeto transformador, a resposta é simples: seu lugar está esperando. Seja através de habilidades médicas, serviços voluntários ou compartilhamento da mensagem salvadora de Jesus, todos têm um papel a desempenhar. O missionário Rev. Benilton está disponível para mais informações sobre como você pode se envolver: beniltondossantos@gmail.com. Faça parte desta missão de esperança nos Balcãs.