Tirando o Véu

Publicado em: 8 de julho de 2021

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 51

Tags: , , ,

Texto Base: Apocalipse 1.1-20

A palavra Apocalipse vem do grego “apokalupsis” que significa literalmente “tirar o véu”. O livro do Apocalipse tem como função “tirar o véu”de cristãos que sentiam-se desencorajados e mostrar que Deus é o SENHOR da história. A função do livro não é trazer medo, mas esperança. O livro é endereçado às 7 igrejas da Ásia Menor (1.4).

O autor do livro é João, discípulo amado de Jesus (1.1;9). João era considerado uma ameaça ao Império Romano por causa de sua fé em Cristo, por isso, ele escreveu o livro exilado na ilha de Patmos (1.9). O livro foi escrito por volta do ano 95 d.C., provavelmente retratando as perseguições dos imperadores romanos Nero (54-68 d.C.) e Domiciano (81-96 d.C.).

A revelação é dada por Deus, vem por intermédio de Jesus Cristo (1.1). Cristo tem todo o poder e virá sobre as nuvens para buscar Sua igreja (1.7-8). Ele é o Alfa e o Ômega, o princípio e o consumador de todas as coisas (1:8). O número sete indica no Apocalipse “perfeição”e “totalidade”. Por isso 7 igrejas são citadas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia (1.11).

São igrejas reais cujos os ensinamentos são importantes para todas as igrejas da história. Cristo é chamado de “Filho do Homem” (1.13). Este título indica Sua encarnação. Ele passeia no meio dos candeeiros que representam as igrejas (1.20). Cabeça e cabelos brancos representam a santidade, pureza e divindade de Cristo (1.14). Cristo tem poder para julgar e exercer autoridade através de Sua Palavra (1.16; Is 11.4; Hb 4.12). A passagem nos mostra que a morte não foi capaz de deter a Cristo (1.18-19). Mostra também que Cristo é Senhor não apenas do céu, mas também do inferno.

Ele tem autoridade, poder e controle sobre tudo e todos. Não é bíblica a ideia de que satanás está no inferno, nem que ele governa o inferno. O diabo continua atuando neste mundo, porém com o poder limitado por Deus. Vide a história de Jó. Cristo não apenas passeia no meio das igrejas e as têm em Suas mãos, mas Ele também tem controle sobre os anjos das igrejas, possivelmente os pastores das mesmas, representados aqui por sete estrelas (1.16; 20).

Esta importante passagem quer nos mostrar que Jesus é o dono da igreja e nós Seus servos. Quer nos mostrar que nada escapa a Seu controle. Quer nos mostrar que nada pode deter a Cristo, nem a mesmo a morte (1.18). A igreja é de Cristo. Homem nenhum pode arrogar para si o título de dono da igreja e manipulá-la como lhe apraz. Jesus passeia no meio das igrejas e conhece as obras de cada uma.

Que Deus nos ajude a tirarmos o véu de nossos olhos e cumprirmos a vontade do Eterno em nós e através de nós, crendo que Ele é o SENHOR da história.