O Evangelho, a Mais poderosa mensagem do Mundo

Publicado em: 28 de abril de 2024

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 129

Tags: , , , , ,

“Porque eu não me envergonho do evangelho, pois é o poder de Deus para a salvação de todo o que crê […], pois nele se manifesta a justiça de Deus…” 

Romanos 1.16 e 17

O evangelho é a mais poderosa mensagem do mundo, pregada pelos embaixadores de Deus, entre todos os povos. A origem do evangelho está ancorada em Deus. Sua natureza está relacionada ao poder de Deus. O seu propósito é salvar a todos que creem em Cristo. Sua eficácia é assegurada, porque é no evangelho que se manifesta a justiça divina. Vejamos:

Em primeiro lugar, o pregador do evangelho. O apóstolo Paulo assume três atitudes em relação ao evangelho. A primeira delas é sua dívida ao evangelho. Pelo evangelho Paulo foi transformado de perseguidor em perseguido; de inimigo em embaixador; de agente de morte em estadista da vida. A segunda atitude é sua prontidão em pregar o evangelho. Paulo está pronto a pregar o evangelho em liberdade ou em prisão, com saúde ou enfermo; desfrutando de fartura ou lidando com a escassez. A terceira atitude é não se envergonhar do evangelho. Há pessoas que são a vergonha do evangelho. Há outras que se envergonham do evangelho, mas Paulo declara de forma altissonante: “Eu não me envergonho do evangelho”.

Em segundo lugar, a natureza do evangelho. O evangelho é o poder de Deus para salvar. Há poder que traz destruição e morte, mas o evangelho é o poder de Deus para salvar. O pecador mais embrutecido pode ser transformado pelo evangelho. O inimigo mais atroz pode ser convertido pelo poder do evangelho. O perseguidor mais implacável pode ter sua ira aplacada pelo evangelho. Os céticos mais endurecidos podem ser convertidos pelo poder do evangelho. O evangelho não é um poder humano, mas o poder de Deus. Sua natureza aponta para sua onipotência. O evangelho de Deus é o poder de Deus para salvar. Não há nenhuma outra forma de o homem ser salvo, exceto pelo evangelho, a boa nova da salvação em Cristo Jesus.

Em terceiro lugar, o propósito do evangelho. O evangelho não é o poder de Deus para a salvação daqueles que permanecem na incredulidade, mas é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê e só daquele que crê. A salvação não é uma conquista das obras, mas uma oferta da graça. Não se alcança a salvação pelos ritos sagrados, mas pela fé em Cristo Jesus. O evangelho tem como propósito salvar a todos os que creem em Cristo como salvador pessoal. Não há pecador tão depravado que esteja fora do alcance do evangelho. Facínoras, assassinos, ladrões, feiticeiros, idólatras, beberrões, adúlteros, depravados, mentirosos e ateus têm sido transformados pelo poder do evangelho. O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê.

Em quarto lugar, a eficácia do evangelho. O evangelho é eficaz nos seus efeitos porque nele se manifesta a justiça de Deus para todo aquele que crê. O evangelho é a mensagem da cruz, onde Jesus, o Cristo, se fez pecado por nós, levando sobre o seu corpo, no madeiro, os nossos pecados. O evangelho apresenta Cristo, como nosso fiador e substituto, que sofreu o castigo que nos traz a paz. O evangelho tem como eixo central a obra de Cristo por nós, fazendo-se maldição em nosso lugar, para nos tornar benditos eternamente. Jesus morreu pelos nossos pecados, quitou a nossa dívida e resgatou-nos pelo seu sangue e ressuscitou para a nossa justificação. Na cruz de Cristo, nosso débito foi pago e, agora, todo aquele que nele crê está quites com a justiça divina. Já não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. Sua obra foi completa, cabal e eficaz e esta é a gloriosa mensagem do evangelho!

Rev. Hernandes Dias Lopes