A Liderança de Samuel

Publicado em: 11 de fevereiro de 2024

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 44

Tags: , , , , , , , ,

Ana era estéril, mas pela ação de Deus, ela concebeu Samuel e dedicou-o ao serviço de Deus. Samuel foi dedicado ao Senhor desde a infância, servindo no templo de Siló sob a supervisão do sacerdote Eli. Samuel fora juiz e profeta em Israel, liderando o povo em momentos de crise e tomando decisões com base na orientação divina. Ele ungiu Saul como o primeiro rei de Israel, seguindo a vontade do povo, mas também foi enviado por Deus para ungir Davi, o jovem pastor, como o futuro rei de Israel, depois que o SENHOR rejeitou Saul. 

Samuel, sem dúvida, foi uma proeminente figura do Antigo Testamento. E ele oferece várias lições valiosas sobre liderança cristã. Aqui estão alguns pontos que podem ser aprendidos com sua vida e exemplo:

Obediência à vontade de Deus: Samuel demonstrou sua obediência desde cedo, quando respondeu à chamada de Deus com as palavras: “Fala, Senhor, porque o teu servo ouve” (1 Samuel 3:10). Essa disposição para ouvir e obedecer à vontade divina foi uma característica central de sua liderança ao longo de sua vida. O cristão que almeja a liderança, precisa estar totalmente sujeito a vontade de Deus.

Discernimento espiritual: Em sua função como juiz e profeta, Samuel frequentemente discernia os planos e propósitos de Deus para o povo de Israel. Ao ser incumbido da tarefa de ungir o novo Rei que substituiria Saul, ele esteve inclinado a escolher de acordo com os padrões humanos, mas o SENHOR o fez enxergar quais seriam os parametros divinos para o novo Rei: “O homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração” (1 Samuel 16:7). A obediência total a vontade de Deus, traz consigo a capacidade de discernir e tomar decisões acertadas. Portanto, o líder Cristão precisa buscar o Senhor constantemente para poder ter clareza sobre quais os melhores caminhos a seguir, em um momento de dificuldades ou dúvidas.

Humildade: Apesar de sua posição de autoridade e influência, Samuel permaneceu humilde, pois sabia que sua posição vinha de Deus. Em 1 Samuel 12:23, ele enfatiza que não abandonará o povo e que continuará a orar por eles, mostrando sua humildade ao se colocar como servo do povo e de Deus. E mesmo após a indicação de Saul como o novo Líder, por ser uma referência e modelo ao povo, Samuel ainda continuou a influenciar o povo de Deus.

Integridade: A integridade de Samuel é evidente em sua vida, especialmente quando ele enfrentou a pressão para agir contra os princípios de Deus. Em 1 Samuel 12:3, ele desafia as pessoas a testemunharem se ele havia agido com desonestidade ou injustiça durante seu tempo de liderança. A integridade, demonstra o quanto o líder vive aquilo que ele prega. Ter coerência em palavras e atitudes, são aspectos essenciais para que o líder cristão conduza o povo de Deus pelo caminho da Justiça.

Orientação e Repreensão: Ele guiou e instruiu Saul no início de seu reinado (1 Samuel 10:1-9) e posteriormente ungiria Davi como rei, proporcionando-lhe orientação e apoio (1 Samuel 16:1-13). Samuel não hesitou em confrontar Saul quando este desobedeceu a Deus. Em 1 Samuel 15:22-23, Samuel confronta Saul por sua desobediência e declara que a obediência é mais importante do que sacrifícios. O verdadeiro líder, não é aquele que ignora os erros, mas pelo contrário é aquele que admoesta o comportamento equivocado e que busca a conversão a vontade divina.

Esses exemplos bíblicos destacam como Samuel exemplificou essas qualidades de liderança e como elas podem ser aplicadas hoje em diferentes contextos.