O Nome de Deus

Publicado em: 23 de maio de 2019

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 127

Tags: ,

Por mais que usemos o termo Deus para nomear Aquele que é o único e verdadeiro Deus (Is 43.10), Criador dos céus e terra (Sl 146.6), existem outros nomes utilizados para definir Deus. Estes nomes, por mais que sejam derivados da linguagem humana, não foram inventados pelo homem, eles têm origem divina e cada um deles destaca um atributo especial de Deus.

Nomes de Deus no Antigo Testamento

El ou Eloim ou Elohim, vem do hebraico e atribuí a Deus força e poder. Dado isso, deve ser temido. Gênesis 1:1, usa o termo Elohim.

Elyon‘ é traduzido para Deus Altíssimo. Este nome chama a atenção para a natureza exaltada de Deus. Gênesis 14:20, usa o termo El Elyon

Adonai é geralmente traduzido por Senhor. Era usado para dirigir-se a Deus como um reconhecimento explícito de que ele é o dono e governador de todos os homens. É substituto para Yahweh (YHWH). Os judeus utilizam em seu lugar o nome Jeová (Javé). Gênesis 2:7, usa o termo Yahweh.

Shaddai ou El-Shaddai é utilizado para se referir ao Deus Todo-Poderoso que se permitiu entrar em relação de amizade com suas criaturas. Este nome enfatiza a grandeza divina, mas principalmente sua fonte de benção e grande consolador. Êxodo 6:3, usa o termo El-Shaddai.

YAHWEH ou YHWH ou JEOVÁ é considerado o nome mais sagrado e mais distintivo. Revela-O como o Deus da graça. Derivou do verbo “Ser”, demonstrando a imutabilidade de Deus. Apresenta o fato que Deus é imutável em sua relação de aliança, sempre se lembrando de suas promessas e que é fiel no cumprimento de sua palavra. Em muitas vezes ele aparece na forma reforçada Jeová dos exércitos, apresentando-o como o Rei da glória, rodeado pelas hostes angelicais, que governa céu e terra por amor ao seu povo e recebe glória de todas as suas criaturas.