O Descredito da Verdade

Publicado em: 22 de outubro de 2023

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 153

Tags: , , ,

Por causa desses falsos mestres muitas pessoas vão falar mal do Caminho da verdade.

2 Pedro 2.2

O esquema é: os falsos mestres me enganam e eu me deixo levar por eles. Por minha causa e por causa deles, muitas pessoas começam a falar mal do evangelho, da verdade, do caminho. A pregação do evangelho torna-se muito difícil. O preconceito até então existente aumenta consideravelmente. O índice de rejeição dobra. Os falsos mestres prejudicam a minha fé e a minha conduta. Levam-me da ortodoxia para a heresia, da ortopraxia para o comportamento duvidoso.

É bobagem gastar tempo para saber se os falsos mestres são mais culpados do que eu, ou se eu sou mais culpado do que eles. O fato é que, tanto eles como eu, estamos “desevangelizando”. Estamos trabalhando contra o reino. Estamos afastando tanto os que nem começaram a entrar como os que já estavam entrando. Estes dão as costas e vão embora. Aqueles deixam de se aproximar. Essa é a mais eficiente contra-evangelização. Não tenho certeza nem testemunho. Porque quem perde a certeza perde o testemunho, e quem perde o testemunho perde a certeza. Uma está amarrada no outro.

Bem atrás dos falsos mestres está a ambição pelo dinheiro (a denúncia é de Pedro). Nós pagamos a eles o preço que pedem. Eles ficam mais ricos à nossa custa. O apóstolo diz que eles nos exploram contando histórias inventadas, mentirosas. Mais à frente, Pedro dirá que Balaão causou uma tragédia irreparável na história do povo eleito por causa do dinheiro a ele pago por Balaque (2Pe 2.15).

É preciso enxergar a máquina de dinheiro por trás de muita coisa

Retirado de Refeições Diárias com os Discípulos [Elben César]. Editora Ultimato.