Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram

Publicado em: 25 de maio de 2020

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 274

Tags: , ,

Leitura recomendada: II Coríntios 12.1-6

Paulo foi chamado para sofrer pelo evangelho (Atos 9.15-16). Seus sofrimentos são registrados em II Coríntios 11.23-27. Paulo enfrentou açoites, prisões, apedrejamento, perigos no mar, rios. Também enfrentou perigos entre judeus e gentios, recebeu 5 quarentenas de açoites menos um, fome, frio, nudez, cansaço e naufrágios. A vida do apóstolo não foi nada fácil. Para continuar em frente, ele precisava de encorajamento.

A igreja de Corinto era uma igreja carnal, dividida e fazia oposição a Paulo questionando a autenticidade de seu apostolado. Em II Coríntios 10, 11 e 12, Paulo apresenta sua defesa. Relutante, ele fala no cap. 12 que conhecia um homem que foi arrebatado ao terceiro céu (II Coríntios 12.2). Se no corpo ou fora dele, ele não sabia. Paulo falava de si mesmo. No céu Paulo ouviu palavras inefáveis que não lhe era lícito mencionar. O primeiro céu é o céu onde estão as nuvens, o segundo céu é onde estão o sol, a lua e estrelas e o terceiro céu é a morada de Deus.

Paulo simplesmente teve acesso à morada de Deus! Uma visão extraordinária onde Deus queria mostrar ao amado Paulo que valeria a pena seguir em frente. A mensagem de Deus com a visão celestial era “não desista, veja o que há preparado para você!”. Se você pensa em desistir da fé devido as provas enfrentadas, não desanime. Deus tem reservada para você uma morada muito especial onde nem olhos viram, nem ouvidos ouviram o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.