Mulher de Sabedoria e Coragem

Publicado em: 12 de fevereiro de 2022

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 150

Tags: , , , , , ,

Texto Base: Romanos 16.3-5

Hoje, segundo domingo do mês, é celebrado o dia da mulher presbiteriana. O Dia da Mulher Presbiteriana começou a ser comemorado a partir do Primeiro Congresso Nacional das SAFs, realizado em 1941, na IPB do Riachuelo, Rio de Janeiro. Ficou resolvido naquele Congresso adotar o segundo domingo do mês de fevereiro como o Dia da Mulher Presbiteriana.

A data escolhida foi uma homenagem à Dna. Cecília Rodrigues Siqueira, que aniversariava. Cecília era a Secretária Geral do Trabalho Feminino, cargo em que permaneceu por mais de quinze anos consecutivos, de 1938 a 1954. A Igreja Presbiteriana do Brasil consta com valorosas mulheres que tem atuado incansavelmente na seara do Senhor, tendo como destaque a SAF (Sociedade Auxiliadora Feminina).

Quero neste texto, destacar o exemplo bíblico de Priscila, que foi uma mulher batalhadora e fiel em cumprir os propósitos do Senhor e exemplo de mulher virtuosa. Há uma frase que diz que por trás de todo homem há uma grande mulher. Melhor seria se disséssemos que ao lado de um grande homem há uma grande mulher. Este é o caso de Priscila, esposa de Áquila (At 18.1-4; Rm 16.3-5; I Co 16.19; II Tm 4.19).

A Bíblia fala que a mulher virtuosa faz bem ao marido e não mal (Pv 31.12). Priscila é exemplo de mulher virtuosa porque quando morou em Corinto, trabalhou em harmonia com seu esposo Áquila na arte de fazer tendas (At 18.3). Priscila é exemplo de mulher virtuosa porque quando esteve em Éfeso, ajudou com ousadia seu esposo Áquila a discipular o culto e letrado Apólo, que conhecia apenas o batismo de João (At 18.24-26).

Priscila é exemplo de mulher virtuosa porque quando esteve em Roma, arriscou sua vida juntamente com seu esposo Áquila para proteger o apóstolo Paulo (Rm 16.3-5). Finalmente, Priscila é exemplo de mulher virtuosa porque juntamente com seu esposo, abriu as portas do seu lar para que a igreja de Cristo se reunisse (I Co 16.19; Rm 16.5).

Diferentemente de Jezabel, que foi uma tragédia na vida de seu marido, o rei Acabe (I Rs 16.29-33), Priscila foi exemplo de sabedoria e coragem e por isso merece ser chamada de “mulher orgulho do marido” (Pv 12.4, NTLH).

Que o SENHOR ajude as mulheres a serem como Priscila, orgulho para o marido, filhos, amigos e principalmente para o Reino de Deus. Parabéns mulheres presbiterianas por este dia tão especial.