Herança do SENHOR são os Filhos

Publicado em: 17 de setembro de 2021

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 65

Tags: , , , ,

Leia: Salmo 127.3-5

Os filhos são dádivas do Eterno e eram desejados em Israel. No Oriente Médio não ter filhos era motivo de lamentação e vergonha que poderia levar ao divórcio. Quando o salmo 127 foi escrito, não havia aposentadoria, abrigo para idosos, por isso, quanto mais filhos melhor. Os filhos eram a garantia de que os pais teriam alguém para cuidar deles e na solidão teriam uma companhia. Os filhos seriam a força dos pais quando estes estivessem velhos.

O salmo 127 é um dos cânticos de romagem dedicados à família, juntamente com o Salmo 128. O salmo 127 compara os filhos a flechas nas mãos do guerreiro. As flechas possuem algumas características.

Em primeiro lugar elas devem estar nas mãos do guerreiro (símbolo dos pais). Ou seja, os pais não podem abandonar os filhos à própria sorte.

Em segundo lugar, o guerreiro deve ter um alvo definido. Em outras palavras, os pais devem ensinar os valores familiares, valores de comunidade, devem ter um alvo que leve os filhos a Deus.

Em terceiro lugar, o guerreiro precisa ter braços fortes. A lição que fica é que os pais precisam ser figuras marcantes e presentes nas vidas dos filhos. Em quarto lugar, a flecha tem que ser reta. Isto nos ensina que os pais precisam de ética, caráter e moral ilibados, para que ensinem seus filhos a ter a retidão e o temor a Deus.

É claro, que mesmo assim com todos estes cuidados, isso não será garantia de que os pais acertem o alvo. Assim como ventos e obstáculos podem desviar o curso da flecha, assim os filhos podem seguir por caminhos tortuosos.Por isso, os pais precisam contar com a graça de Deus para agir na vida dos filhos e não desistir deles. No v.5 lemos: “não será envergonhado quando pleitear com os inimigos à porta.”

A porta da cidade era o tribunal, o local de negócios (Dt 21.19; Am 5.12). A porta da cidade era o local onde coisas importantes eram decididas. A porta da cidade era o local onde os filhos defendiam os pais de inimigos e comerciantes hostis.

É fato que nem todos irão se casar e nem todos irão ter filhos, mas todo o adulto deve orar pelas crianças para que elas sejam um bom exemplo, temam a Deus e cooperem para uma sociedade melhor. Guardemos a frase do grande filósofo Mario Sérgio Cortella: “O mundo que queremos para nossos filhos, depende dos filhos que deixaremos para este mundo.”

Post Anterior:
Próximo post: