O Interlúdio das Trombetas

Publicado em: 11 de dezembro de 2021

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 147

Tags: , , , ,

Estude o Texto de Apocalipse 10.1-11

Os capítulos 10 e 11 precedem o juízo final. Ambas as cenas dizem respeito à função do povo de Deus e seu testemunho profético durante o tempo da provação. No cap. 10 temos a descrição do anjo forte (v.1). Este anjo forte reflete a glória de Deus. Alguns tentam identificar este anjo com o próprio Jesus, porém, no Apocalipse, anjos sempre são anjos.

No livro do Apocalipse há mais de 60 referências aos anjos. Os anjos são mensageiros de Deus para realizar o propósito de Deus na terra. Eles também são chamados para ministrar em nosso favor (Hb 1.14). Os anjos são poderosos (Sl 103.20), porém, há anjos que são mais fortes do que outros (Dn 10; Ap 10.1). Não existe um anjo da guarda específico (Sl 91.11; At 12.15). Este anjo do v.1 está envolto numa nuvem (cf. Êx 16.10; Êx 24.15; At 1.9). O Arco-Íris sobre a cabeça  é uma figura que também é apresentada em Ap 4.3. Os vv.2-7 falam sobre autoridade do anjo.

O pé direito sobre o mar e o pé esquerdo sobre a terra apontam para Deus reivindicando sua autoridade sobre o mundo inteiro. Entre os vv.3-7 há a declaração do anjo. Primeiro ele faz um juramento (vv.5-6) e declara que não haveria demora, ou seja, não haveria mais tempo para os homens refletirem sobre as consequências de sua desobediência. O mistério será totalmente revelado quando o sétimo anjo tocar a sétima trombeta (v.7).

Este mistério revelará plenamente o propósito de Deus. Quando soar a sétima trombeta, os homens verão abertamente tudo aquilo que Deus preparou para a raça humana, seja para o fieis, seja para os infieis a Deus. Por último, há uma ordem do anjo ao apóstolo João. A ordem é que o apóstolo comesse o livrinho (v.9).

O livrinho é amargo ao estomago e doce na boca. Estas metáforas indicam que o privilégio de proclamar a Palavra de Deus é grande, mas a mensagem seria amarga aos incrédulos.