A Mulher e o Dragão

Publicado em: 9 de janeiro de 2022

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 114

Tags: , , , ,

Estude o Texto de: Apocalipse 12.1-6

O livro do Apocalipse é um livro escatológico (que trata dos eventos do fim dos tempos). Este livro visa encorajar a igreja perseguida e sofredora não somente no período em que foi escrito, mas encorajar todas as igrejas de todas as épocas. O Apocalipse possui muitos símbolos que funcionavam como código secreto para a comunicação da igreja.

Apesar de complexos, alguns símbolos são explicados no livro. Por exemplo: Apocalipse 1.20 (estrelas e candeeiros) e 12.3 e 9 (dragão). O livro do Apocalipse pode ser dividido em duas partes: nos capítulos de 1 a 11, o livro trata da perseguição do mundo contra a igreja e o juízo de Deus contra os perseguidores da igreja; os capítulos de 12 a 22 tratam da perseguição do chamado “quarteto do mal”. Este quarteto do mal é composto por satanás, o anticristo, o falso profeta e Roma (simbolizada pela grande Babilônia).

O capítulo 12 do Apocalipse faz menção à mulher vestida do sol com a luz debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas na cabeça (12.1-2). Esta mulher é a representação da igreja de Cristo, o Israel espiritual de Deus. A mulher trajada de sol indica a glória de Cristo, já a lua debaixo de seus pés indica o domínio de igreja.

A coroa da mulher representa a igreja vitoriosa. Observe que o texto menciona que a mulher está grávida. Este texto indica que é de Israel que veio o Messias. O dragão representa satanás (12.3-4 e 9). O vermelho no Apocalipse simboliza guerra (6.3-4). O diabo está sempre pronto a pelejar contra o povo de Deus.

Na descrição do cap. 12, satanás possui sete cabeças. Estas cabeças representam a autoridade de satanás sobre o mundo. Ele é o deus deste século que busca cegar o entendimento (II Co 4.4). Os dez chifres representam o poder e a capacidade destruidora de satanás. Os sete diademas representam sua influência maligna sobre todas as nações.

A principal missão de satanás é perseguir a igreja e Jesus Cristo (12.4). Logo após o nascimento do Messias, Sua morte, ressurreição e ascensão ao céu (12.5), vemos a mulher (igreja) fugir para o deserto. O deserto é uma imagem figurada. Ele simboliza a perseguição à igreja.

O Apocalipse menciona que a perseguição duraria 1260 dias. Este número indica 3 anos e meio. 3 anos e meio é metade de 7. O número 7 simboliza perfeição e totalidade. Portanto, 1260 dias indica que Deus irá abreviar o tempo ou totalidade do sofrimento da igreja. 

Post Anterior:
Próximo post: