Sendo usado por Deus na Igreja – Parte 2

Publicado em: 25 de maio de 2017

Categorias: Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 1202

Tags:

Tools

Na ultima semana você aprendeu que você tem ao menos um dom espiritual e como você pode descobrir os seus dons espirituais. No estudo de hoje, você aprenderá como pode utilizar os seus dons na prática e que nem tudo depende exclusivamente de um dom para ser feito.

COLOQUE O SEU DOM A SERVIÇO DE DEUS E DO PRÓXIMO

Descobrir o dom é apenas uma parte do caminho. Isso porque vemos muitas pessoas que sabem que têm um dom, mas não o usam, desperdiçando-o. Vemos esse exemplo na parábola dos talentos, onde um dos que receberam talentos o enterrou ao invés de fazê-lo render. Por isso, se você sabe seu dom, é hora de conversar com a liderança da sua igreja e colocar as mãos à obra! Não enterre esse presente vindo de Deus para você, use-o!

NEM TUDO DEPENDE DE UM DOM PARA SER REALIZADO

Como eu disse no inicio, os dons são habilidades mais específicas, para trabalhos mais específicos na obra de Deus (pastorado, diaconato, evangelismo, missões, etc). Pensando nisso precisamos entender que determinadas ações não dependem de você ter um dom para realizar. Por exemplo, para orar não é preciso ter um dom, basta você se dispor e orar. Para ajudar o próximo não precisa ter um dom, basta se dispor e por a mão na massa. Para ajudar a limpar a igreja não precisa ter um dom, basta estar disponível. A grande maioria das atividades no reino de Deus não depende de termos um dom específico para realizar, depende de termos vontade, envolvimento e disposição para o trabalho.

DISPONHA-SE NAQUILO QUE TEM CONDIÇÕES DE FAZER

Saiba que você pode colaborar hoje mesmo com o reino de Deus, mesmo sem saber ao certo qual é o seu dom. Pode se dispor, por exemplo, a ajudar pessoas que já exercem seus dons, pode começar a orar pela obra, pelos líderes; pode evangelizar, pode contribuir, pode dar um abraço, pode receber os visitantes, pode falar de Jesus aos colegas de trabalho, pode ser um exemplo de teste-munho… pode fazer milhares de coisas e colaborar! Agora, se já sabe qual é o seu dom, poderá atuar com mais energia nessa área mais específica que Deus te preparou e também, é claro, em outras áreas na medida da sua disponibilidade.

CONCLUSÃO

Não podemos dar desculpas de que não servimos a Deus porque não sabemos como fazê-lo. Agora você já sabe e pode começar hoje mesmo a contribuir para esse reino, sabendo ou não qual é o seu dom! “Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais…” (1 Coríntios 14.1)

Na próxima semana você conhecerá alguns ministérios da Igreja no qual você pode participar e auxiliar para o crescimento do Reino de Deus. Não deixe de ler!