O Fardo da Culpa

Publicado em: 13 de junho de 2019

Categorias: Devocionais

Visualizações: 653

Tags:

As ovelhas apesar de parecerem dóceis, tem uma característica interessante. Elas são teimosas. Elas possuem como uma de suas marcas, imitarem o comportamento ruim uma das outras. Daí, a necessidade do pastor estar atento para evitar que ovelhas se desviem do rebanho, se machuquem, adoeçam ou morram. Ovelhas que optam por viverem independentes do pastor sofrem e isto gera dores a elas. Nada mais apropriado do que Deus nos comparar às ovelhas. Temos a incrível tendência de imitar comportamentos negativos uns dos outros. 

Quantos para agradar a turma participam de festas regadas à álcool, drogas e sexo? Quantos para agradar a turma se envolvem na marginalidade? Quantos para agradar a turma adotam comportamentos contrários à vontade de Deus? A Palavra de Deus afirma que há caminhos que ao homem parecem ser bom, mas no final levam à morte (Pv 14.12; 16.25). O caminho desejável e agradável transforma-se em dores, frustrações e culpa. 

O pecado é atraente, mas suas consequências dolorosas. Davi, após pecar com Bate-Seba, foi acometido por dores emocionais e físicas, e pior, foi atormentado pela culpa (Sl 32, 38 e 51). O melhor caminho para encontrar a felicidade e livrar-se do fardo da culpa é andar na contramão da vontade do mundo e seguir a voz do Bom Pastor. Você sofre com o sentimento de culpa? Culpa-se porque erros do passado atormentam sua alma? Culpa-se porque sente-se um fracasso? Culpa-se porque acha que você é a causa de todos os seus problemas familiares? 

Lembre-se que todos nós temos “pés de barro”. Todos erramos. Peça a ajuda do ETERNO, busque o perdão Dele e tenha o firme propósito de andar nos caminhos de Deus (Sl 1.1-6). Lembre-se que o Bom Pastor é o único que pode nos guiar pelas veredas da justiça (Sl 23.3).

Post Anterior:
Próximo post: