O Santuário

Publicado em: 18 de dezembro de 2021

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 124

Tags: , , , , ,

Estude o Texto de: Apocalipse 11.1-2

Segundo o rev. Hernandes, em seu comentário sobre o Apocalipse, no cap. 10 vemos que a Igreja precisa interiorizar a Palavra de Deus. No cap.11, vemos a missão da igreja, sua proteção, proclamação, perseguição e triunfo. Os vv.1-2 do capítulo 11, fazem menção ao santuário. Mas o que significa este santuário? Vejamos algumas interpretações:

  • Os pré-milenistas acreditam que o texto se refira à salvação dos judeus.
  • Os dispensacionalistas acreditam que João esteja falando de um templo literal.

A possibilidade mais plausível é que o santuário simboliza a presença de Deus na terra através de Seu povo (cf. cap.4 e 5). Já o altar representa os verdadeiros adoradores de Deus (cf. v.1). 

Observe que o texto não faz apenas menção ao santuário, mas também menciona sua medição. Segundo o comentário da Bíblia de Genebra, a medição significa o conhecimento e os cuidados de Deus (cf. Ez 40-41). Para William Hendriksen, a medida aponta para a imunidade contra os danos (cf. Ap 21.15-17). No Apocalipse 21.9-27, um anjo mede a Nova Jerusalém (cidade, muros e portões). As medições tem um propósito no Apocalipse, elas servem para separar a área que é santa da que é profana. No Apocalipse a área medida aponta para a presença do próprio Deus. A lição que fica é que o destruidor não pode entrar no lugar em que Deus caracterizou como santo e em cujas fronteiras Seu povo está seguro. 

A expressão “mas deixa a parte do átrio” (cf. 11.2) indica que a proteção não se estenderá a todos os que se dizem “cristãos”.  Os fiéis a Deus sofrerão perseguições, porém, serão poupados, mas aqueles que mesmo se dizendo cristãos, por amarem mais o mundo, estarão sem proteção (11.2). O santuário apresentado no texto não é um santuário físico, mas espiritual. Quatro argumentos são apresentados pelo rev. Hernandes em seu comentário sobre o Apocalipse para defender tal tese:

  • O Novo Testamento ensina que o santuário de Deus é a igreja e não um prédio. Deus mora na igreja através de Seu Espírito (I Co 3.16-17; II Co 6.16-17; Ef 2.21).
  • O santuário refere-se aos fiéis, enquanto os que estão no átrio exterior não recebem proteção (11.2). Tanto o santuário como o átrio exterior referem-se a pessoas e não edifícios.
  • Todos os salvos são contados, selados e protegidos (7.4; 22.4)
  • A interpretação concorda com o simbolismo do V.T. (Ez 43; 47).

Por fim, vemos a menção aos “42 meses”. 42 meses equivale a 1260 dias, ou seja, 3 anos e meio. O número 7 no Apocalipse representa totalidade, perfeição. 3 anos e meio é metade de 7. Portanto, 42 meses representa a um período mais curto de aflição do povo de Deus.

Por seu grande amor e misericórdia, Deus não permitirá que seus eleitos sofram por um longo período.