Domingo da Igreja Perseguida 2019

Publicado em: 9 de junho de 2019

Categorias: Notícias

Visualizações: 100

Tags:

Já imaginou se você que Cristão brasileiro, fosse preso por ler a Bíblia ou levado a campos de trabalho forçado por frequentar a igreja e cantar hinos a Deus? Pois bem esta é a triste realidade de Cristãos na Coreia do Norte. Antes da tomada de poder pela família Kim e implantação do regime comunista no norte, foi um dos grandes berços do Cristianismo no Oriente. Pyongyang fora chamada no passado de “Jerusalém do Oriente”, tamanha era a quantidade de Cristãos existentes no país.

Porém este é um cenário muito diferente de hoje. A religião é expressamente proibida e as pessoas devem prestar uma especie de culto à dinastia Kim. Quem é pego com a Bíblia ou se reunindo para culto ou oração é preso, condenado e até mesmo levado para campos de Concentração. Muitos são até mortos. Estima-se que haja no país cerca de 300 mil Cristãos, que forma parte da Igreja secreta. A Coreia do Norte lidera o ranking de Perseguição a Cristãos da Missão Portas Abertas desde o ano 2002, e é classificada com o nível de perseguição absoluto e mais severo. Veja abaixo o Vídeo:

No próximo Domingo a missão Portas Abertas realiza o Domingo da Igreja Perseguida (DIP), no qual conclama a todos os Cristãos brasileiros a orarem pelos Cristãos Perseguidos. Neste ano, o DIP tem como tema de suas orações a Coreia do Norte.

A Igreja Presbiteriana Bela Jerusalém participará deste movimento de Oração e durante o nosso culto no próximo Domingo, 16 separaremos momentos do nosso Culto para orar por aquele país e pelos nossos irmãos na fé que sofrem perseguição.

Post Anterior:
Próximo post: