Uma promessa de Vida Longa aos Filhos

Publicado em: 6 de julho de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 18

Tags:

Os primeiros quatro mandamentos tratam da relação do homem com Deus. A partir do quinto mandamento, inicia-se a relação do homem com o próximo, e nele há uma promessa de vida longa aos filhos obedientes aos pais. A função do quinto mandamento não é apenas mostrar que filhos obedientes teriam vida longa, mas proteger os idosos. Honrar pai e mãe vai além de apenas preocupar-se com aqueles que se dedicaram aos filhos, mas também protegê-los na velhice. A palavra “honrar” (hebraico “kabod”), significa “dar importância, valorizar, ter apreço, prestigiar”.

No Japão, os idosos são tratados com reverência, pois são considerados sinônimos de sabedoria e existe até um feriado nacional conhecido como “dia de respeito ao idoso” (Keiro no Hi), celebrado na terceira segunda-feira de setembro. No Brasil, os idosos são tratados desrespeito-samente em hospitais, filas de banco e ônibus (não são raros os jovens que não cedem lugares para os idosos sentarem). Na Bíblia, o filho que fosse rebelde e desonrasse pai e mãe seria punido com apedrejamento (Dt 21.18-21). Além de ser punido com apedrejamento, o filho rebelde não teria direito a um sepultamento digno, sendo servido de alimento a animais e aves de rapina (Pv 30.17).

A Bíblia mostra exemplos de filhos que honraram pai e mãe e foram profundamente abençoados. Samuel cumpriu com esmero o quinto mandamento. Ele seguiu o exemplo de piedade de Ana, sua mãe e foi respeitado pela comunidade de Israel a ponto de todos lamentarem e chora-rem a sua morte (I Sm 28.3). José também honrou pai e mãe. Como resultado, ele foi honrado como a pessoa mais importante do Egito, depois de Faraó, tornando-se o salvador de sua família em tempos de profunda fome (Gn 45.7).

Por último, temos o exemplo de JESUS, que em suas crucificação, não se esqueceu de Maria, sua mãe e pedindo a João, que cuidasse dela (Jo 19.25-27). Filho (a), vale a pena honrar pai e mãe. Filho (a), seja grato a tudo o que seus pais fizeram por você. O filho que não honra pai e mãe resiste à autoridade de Deus e traz sobre si tristes consequências.

Post Anterior:
Próximo post: