Pega Ladrão!

Publicado em: 9 de julho de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 17

Tags:

Êxodo 20.15

Muitas vezes dei de cara com pessoas que amam falar sobre a corrupção e fazer seu julgamento crítico das pessoas que estão encarceradas por furto ou roubo. A fala é quase sempre a mesma: “Ele merece apodrecer ali. Como pôde tirar daquele que lutou tanto para obter aquilo? ”. Mas essas são as mesmas pessoas que sonegam impostos, que estão com os nomes no SERASA ou SPC, que não devolvem o dinheiro quando o troco vem errado, que comercializam seus produtos por preços muito maiores do que eles realmente valem. Por aí já temos uma ideia de que é preciso muito pouco para descumprir o oitavo mandamento.

A tendência pecaminosa é sempre olhar o pecado de maneira que nos livre e condene apenas o próximo. Mas a Bíblia nos ensina muito mais do que imaginamos com esse mandamento, que parece tão pequeno e simples. Quando nos aprofundamos no lado negativo (proibição) desse mandamento, devemos reconhecer que Deus apoia a propriedade privada de qualquer bem que exista na terra. Sempre que usufruo do bem que não me pertence, sem pagar o preço justo por ele (seja em dinheiro ou trabalho), estou furtando.

Existe uma lista enorme de pequenos furtos que são realizados diariamente por pessoas que parecem, aos seus próprios olhos, muito honestas. Mas esse mandamento, também, traz seu peso positivo (o que devo fazer). Os reformadores deixaram bem clara a interpretação que ensina o princípio da mordomia, ou seja, nada do que tenho é meu realmente, mas aprouve a Deus permitir que eu tome conta. Isso incluí bens materiais e dons e talentos. Quando não utilizo aquilo que Deus deixou nas minhas mãos para abençoar meu próximo, estou roubando.

Não sejamos ladrões. Preste atenção a cada detalhe do nosso presente século, para não cairmos no erro de não pagar pelo que usufruo e não utilizar aquilo que é meu para o meu próprio benefício apenas. Esse mandamento fala principalmente de cuidar direito daquilo que é de Deus.

Post Anterior:
Próximo post: