O Verdadeiro Evangelho

Publicado em: 25 de janeiro de 2020

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 214

Tags: ,

Uma pesquisa realizada em 2010, feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), aponta que o número de evangélicos no país já ultrapassa a marca de 40 milhões de seguidores e, que a estimativa para os próximos dez anos seria de cerca de 60 milhões de evangélicos. Pois bem, se a estimativa estiver correta, o número de evangélicos hoje no Brasil alcança a marca de 30% da população, que significa uma parcela grande de fiéis.

Mas, ao olharmos para o Brasil nos últimos 10 anos, a conclusão que chegamos, é que, o país piorou, ou seja, alguma coisa está errada, a conta não fecha. O número de cristãos protestantes aumenta, mas o país piora.

Uma pesquisa publicada pelo Jornal O Globo, realizada pela Segurança Pública em 2016, mostra que o Brasil em números absolutos, é o país que mais mata no mundo. Uma outra pesquisa, feita pelo Fórum Econômico Mundial, revela que o Brasil é o 4° país mais corrupto do mundo.

A indagação que fica é: Que tipo de evangelho chegou no Brasil?

As igrejas cada vez mais lotadas e a sociedade se deteriorando.

O evangelho segundo o relato de Lucas no capítulo 19, o evangelista retrata a história de um corrupto chamado Zaqueu, que por sua vez teve sua vida transformada por uma visita especial. O próprio Jesus visita aquele homem e, através desse encontro não apenas a vida de Zaqueu e sua família é mudada, mas a cidade é impactada por essa visita. Zaqueu ao receber Jesus, resolve fazer justiça naquela cidade, alimentando os pobres e exercendo justiça aos lesados.

Quando olhamos pra essa narrativa, é possível perceber que a presença de Jesus ali, representa as boas novas do evangelho chegando na vida daqueles pecadores perdidos. Na entrada da cidade um pobre cego é transformado (Lucas 18.35-43), dentro da cidade é a vez de um corrupto e rico (Lucas 19.1-10), ou seja, o evangelho que alcança todas as esferas da sociedade. Esse é o verdadeiro evangelho, que faz discípulos e não apenas membros. Que o verdadeiro evangelho da graça possa visitar o seu coração. E que possamos ser agentes de transformação na nossa nação. Deus abençoe!