O Papel da Esposa na Construção de uma Família

Publicado em: 22 de maio de 2017

Categorias: Devocionais

Visualizações: 2497

Tags:

Esposa

Provérbios 31.10-31

10 Como é difícil encontrar uma boa esposa! Ela vale mais do que pedras preciosas!
11 O seu marido confia nela e nunca ficará pobre.
12 Em todos os dias da sua vida, ela só lhe faz o bem e nunca o mal.
13 Está sempre ocupada, fazendo roupas de lã e de linho.
14 De lugares distantes ela traz comida para casa, como fazem os navios que carregam mercadorias.
15 Ela se levanta de madrugada para preparar comida para a família e para dar ordens às empregadas.
16 Examina e compra uma propriedade com o dinheiro que ganhou e faz nela uma plantação de uvas.
17 É esforçada, forte e trabalhadora.
18 Conhece o valor de tudo o que faz e trabalha até tarde da noite.
19 Ela prepara fios de lã e de linho para tecer as suas próprias roupas.
20 Ajuda os pobres e os necessitados.
21 Quando faz muito frio, ela não se preocupa, porque a sua família tem agasalhos para vestir.
22 Faz cobertas e usa roupas de linho e de outros tecidos finos.
23 O seu marido é estimado por todos — é um dos principais cidadãos do lugar.
24 Ela faz roupas e cintos para vender aos comerciantes.
25 É forte, respeitada e não tem medo do futuro.
26 Fala com sabedoria e delicadeza.
27 Ela nunca tem preguiça e está sempre cuidando da sua família.
28 Os seus filhos a respeitam e falam bem dela, e o seu marido a elogia.
29 Ele diz: “Muitas mulheres são boas esposas, mas você é a melhor de todas.”
30 A formosura é uma ilusão, e a beleza acaba, mas a mulher que teme o SENHOR Deus será elogiada.
31 Deem a ela o que merece por tudo o que faz, e que seja elogiada por todos.

Durante a história secular e religiosa, a figura da mulher sempre foi alvo de discriminações. No âmbito religioso, o evangelho apócrifo encontrado em Nag Hammadi (Egito), atribuído falsamente a Tomé, diz num de seus trechos que se a mulher quiser entrar no reino de Deus, ela deve se tornar macho. No âmbito secular, alguns contratos de casamento da antiga Grécia, diziam que a mulher deveria devotar obediência cega ao esposo, e que esta seria sempre inferior.

Infelizmente, hoje ainda é possível ver a discriminação à mulher em alguns países em pleno séc. XXI. A Bíblia é clara em mostrar que o homem e mulher são iguais perante Deus (Gl 3.28) e que ambos foram criados à imagem e semelhança de Deus (Gn 1.26-28). A mulher é valorizada na Bíblia e a Palavra de Deus nos traz importantes lições a respeito do papel da mulher como edificadora de uma família saudável. Vejamos algumas lições:

1º) A Bíblia ensina que a mulher foi criada para ser auxiliadora do esposo – Gn 2.18

“Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea”. O casamento resolve o problema de solidão do homem e Deus criou a mulher para resolver este problema. Para a mulher, ser auxiliadora, significa que ela veio em socorro do homem para ajudá-lo naquilo que ele não poderia fazer sozinho. É a mesma palavra empregada no Salmo 121.1-2, onde se lê: “Elevo os olhos para os monte, de onde vem o meu socorro (auxílio)? O meu socorro (auxílio) vem do Senhor que fez o céu e a terra.” Se Deus, que é o Todo-Poderoso, não teve nenhum problema em ser nosso auxiliador, o homem não deve ter nenhum problema em ter a mulher como sua auxiliadora.

2º) A Bíblia ensina que a mulher foi criada para ser submissa ao marido – Ef 5.22

As mulheres sejam submissas aos seus próprios maridos como ao Senhor”. Ser submissa significa que a mulher tem uma missão sob a missão do marido. Se sujeitar ao marido não significa que esta deva ser alguém sem vez e sem voz dentro do lar, uma figura nula e apagada. Assim, como a mulher deve ser submissa ao marido, os maridos devem ser submissos a Cristo. Se o marido for fiel a Cristo, amar a esposa, tratando-a com carinho e respeito, esta não terá nenhum problema em se submeter ao marido.

3º) A Bíblia ensina que a mulher deve falar com sabedoria dentro do lar – Pv 31.26

“Fala com sabedoria e a instrução da bondade está na sua língua…”. Homens e mulheres são diferentes. Se as mulheres quiserem um marido que seja uma bênção no lar, primeiramente deverão respeitá-lo (ex.: palavras de afirmação e atitudes) e como consequência, terão o amor do esposo. No caso dos maridos, se quiserem uma esposa que seja uma bênção dentro do lar, primeiramente terão que dar a ela amor (ex.: afeto, carinho, palavras e presentes) e como consequência receberão o respeito da esposa.

4º) A Bíblia ensina que a mulher deve projetar uma imagem positiva do marido – Pv 31.23

“Seu marido é estimado entre os juízes…”. O marido da mulher virtuosa era respeitado na sociedade, e isto se devia muito ao testemunho de sua mulher. A mulher, como auxiliadora, foi chamada para projetar uma imagem saudável do marido dentro e fora do lar. Porém, para que isso ocorra, é necessário a cooperação do marido também.

Que você esposa, cumpra seu papel de edificadora do lar.