O Fardo da Decepção

Publicado em: 7 de agosto de 2017

Categorias: Devocionais

Visualizações: 451

Tags:

Xadres

João 19.25-27

25 E junto à cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena.
26 Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis aí teu filho.
27 Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. Dessa hora em diante, o discípulo a tomou para casa.

A decepção é um sentimento de tristeza ou frustração causada por um evento que foge àquilo que esperávamos. Muitas vezes esperamos gratidão e vem ingratidão. Esperamos o reconhecimento e surgem as críticas. Esperamos saúde e vem a doença. Esperamos promoção e vem o desemprego. Esperamos a vida e vem a morte. A Bíblia cita vários exemplos de ingratidão.

A multidão que gritou a Jesus “Hosana ao Filho de Davi” (Mt 21.9) é a mesma que pediu a Sua crucificação (Mt 27.20-26). Jesus caminhou três anos com Seus discípulos, mas no momento da Sua crucificação foi abandonado por quase todos eles, ficando apenas João, o discípulo amado ao Seu lado (Jo 19.25-27). Jesus, porém, não Se deixou abater pela decepção daqueles que foram ingratos a Ele ou O abandonaram no momento mais crucial de Sua vida.

Ele cumpriu fielmente a Sua missão, sabedor de que deveria esperar a recompensa de Deus e não dos homens. Você está decepcionado com alguém? Está decepcionado consigo mesmo? Está decepcionado com alguma circunstância? Está decepcionado até com Deus?

É hora de deixar a mágoa de lado. É hora de cultivar o perdão e crer que por mais que tudo conspire contra sua vida, Deus está no controle de tudo e pode mudar a sua sorte, assim como fez com a vida de Jó (Jó 42.10). Oro por você para que supere o fardo da decepção.