O Deus de novos começos

Publicado em: 30 de dezembro de 2018

Categorias: Devocionais

Visualizações: 170

Tags:

SEGUNDO Max Lucado, há três letras poderosas. São as letras “D, E, S”. Estas três letras têm o poder de transformar palavras. Conforto vira desconforto; esperança vira desesperança; ilusão vira desilusão; apontamento vira desapontamento. Destaco aqui o desapontamento. Ficamos desapontados com pessoas e circunstâncias. Porém, o pior dos desapontamentos é aquele relacionado a nós mesmos. Estes desapontamentos surgem quando erramos, magoamos alguém ou falhamos em cumprir uma promessa. Moisés errou ao matar um egípcio (Êx 2.11-15). Perambulou frustrado pelo deserto e encontrou nova oportunidade de Deus para liderar o povo hebreu na libertação do cativeiro egípcio (Êx 3.1-10). Pedro negou Jesus por três vezes e chorou amargamente (Lc 22.62).

Pensava Pedro que Jesus desistira dele, porém, encontrou no Mestre a oportunidade de re-começar (Jo 21.15-18). Estamos findando mais um ano. Vitórias e provações fizeram parte de nossa caminhada. Meu desejo é que o ano de 2019 seja para você muito melhor que o ano de 2018. Que no ano de 2019 você vença as dificuldades que não conseguiu vencer em 2018. Que no ano de 2019 você supere aquilo que trouxe tristeza a você em 2018. Que em 2019 “O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti”. No cântico “Adeus Ano Velho” em determinado trecho da música se diz “muito dinheiro no bolso”. Apesar do dinheiro ser importante, ele não é a maior necessidade do homem. A maior necessidade do homem é cultivar um relacionamento saudável com Deus. Santo Agostinho afirmou que o homem tem um vazio na alma do tamanho exato de Deus.

Que o ano de 2019 seja um ano de vitórias com as bênçãos do ETERNO. Que 2019 seja um ano de novos começos e novas oportunidades. Um feliz 2019.