Nunca passe a diante algo que prejudique alguém

Publicado em: 21 de agosto de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 125

Tags: ,

Muitas vezes nos escandalizamos ou tratamos com mais afinco pecados relacionados a área da sexualidade. Pesquisas indicam, porém, que os pecados mais recorrentes nas Igrejas estão relacionados a língua. A fofoca é um deles. Quando fofocamos ou passamos adiante uma fofoca, podemos causar danos terríveis a uma pessoa, ou até a uma congregação inteira. Muitas vezes a fofoca funciona como um telefone sem fio, no qual uma notícia simples se transforma em um grande escândalo. Vemos isso acontecer na história, onde reis, rainhas e nações foram prejudicadas pela fofoca. Mas Tiago nos ajuda a controlar a língua, ao nos advertir sobre o poder da Palavra:

A palavra possui poder terapêutico (Controle do Corpo) – A língua pode controlar o corpo inteiro. E as palavras podem trazer cura quando são usadas da maneira correta. Vimos muito isso no exemplo de nosso Senhor Jesus. A palavra possui poder de influência (Freio e Leme) – Vemos muitos exemplos na história de pessoas que usaram suas falas para influenciar, tanto para o bem (Martin Luther King) quanto para o mal (Adolf Hitler).

A palavra tem poder destruidor (Fogo e Veneno) – Um incêndio começa com uma fagulha e o veneno em pequena quantidade é capaz de matar. Assim a palavra pode destruir pessoas e nações quando usada de forma incorreta (Fofoca).

A palavra tem o poder de saciar (Fruto e Água) – Num deserto, possui muita sorte quem encontra um Oasis. Lá tem água e árvores frutíferas que dão sombra e alimento. Assim, muitas pessoas buscam por uma Palavra que as motive e as alimente. Nós possuímos essa Palavra, então não percamos tempo com fofocas e usemos nosso dom de falar para edificação do Reino de Deus.