Jesus não Esmaga a Cana Quebrada

Publicado em: 20 de março de 2019

Categorias: Devocionais

Visualizações: 295

Tags:

Você certamente deve gostar de um bom caldo de cana. Quem nunca parou num garapeiro num dia de intenso calor e tomou um caldo de cana bem gelado? Como é gostoso e refrescante! Você já prestou atenção na moenda da cana? Já observou que para você tomar o delicioso caldo, a cana é esmagada e triturada pela moenda? Já observou como a cana fica desfigurada e sem consistência? Assim como a cana, após passar pela moeda, fica esmagada e sem consistência, há pessoas que mais se parecem com uma “cana quebrada”. Se sentem esmagadas por pessoas ou circunstâncias, pela desesperança ou pelo diabo.

É dever da igreja trazer uma mensagem de esperança às milhares de “canas quebradas” espalhadas pelo mundo. Infelizmente, há muitas pessoas que se dizem cristãs que, ao invés de traze-rem uma palavra de conforto e esperança, esmagam mais aqueles que já estão quebrados. Fazem isso através do legalismo e da acusação. Fazem isso através do desprezo e da indiferença. Jesus não faz assim. Ele conhece nossas lutas e sabe como trazer consistência àqueles que são “canas quebradas”. O que impressiona em Jesus é Sua capacidade de sentir misericórdia e compaixão pelos aflitos, angustiados e marginalizados.

A compaixão de Jesus é demonstrada para com a mulher adúltera que, acusada por religiosos, encontra no Mestre a oportunidade de perdão e recomeço (Jo 8.1-11). A compaixão de Jesus é demonstrada para com o endemoninhado geraseno que, possesso por uma legião de demônios, encontra no Mestre a libertação e a alegria de viver (Mc 5.1-20). A compaixão de Jesus é demonstrada para com a mulher samaritana que, após buscar a alegria em relacionamentos com vários homens, encontra no Mestre o verdadeiro sentido da vida.

Se Jesus restaurou “canas quebradas” como a mulher adúltera, o geraseno e a mulher samaritana, Ele pode restaurar você, afinal, um dia eu também fui uma “cana quebrada”.