Fazer discípulos: Uma missão possível

Publicado em: 29 de maio de 2017

Categorias: Devocionais

Visualizações: 777

Tags:

Anouncement

É muito comum lermos este texto (denominado de Grande Comissão) e pensarmos rapidamente naqueles missionários que saem de suas casas para pregar o evangelho em países distantes e perigosos. Isso faz com que nos acomodemos em nossas consciências com frases do tipo: Este não é o meu dom. Eu apoio os missionários com as minhas orações. Já ajudo financeiramente as missões.

Este é um grande engano. Acontece que quando olhamos mais profunda-mente para este texto descobrimos que ele é para mim e para você, assim como para todo cristão espalhado pela face da terra. Apesar de sempre darmos ênfase no verbo (traduzido no imperativo) IDE, a Grande comissão aqui é: Faça discípulos. Por muito tempo o verbo IDE deste texto fez pessoas imaginarem sempre algo como sair de casa, da cidade, do estado e do país, mas este verbo é um particípio, ou seja, uma ação que começou e continua, e não um imperativo forte. Em outras palavras, ele poderia ser traduzido como (persista na jornada que você iniciou).

Sendo assim, que jornada é esta, então? O próprio texto responde: Façam Discípulos. Ao contrário do verbo IDE, o verbo FAZEI é um imperativo forte, puxando pra si toda ênfase do texto. Meu conselho pastoral para que você cumpra a Grande comissão deste texto é:

  1. Creia em Jesus. Lembre-se que o texto diz que muitos dos discípulos o adoraram, mas alguns duvidaram.
  2. Creia na autoridade de Jesus. Ele recebeu autoridade tanto no céu quanto na terra para nos liderar nesta caminhada.
  3. Aprenda a ensinar. Fazer discípulos é mais do que apenas falar de um conceito religioso. É integrar alguém nesta família e caminhar com ele diariamente.
  4. Creia na presença de Jesus. Não estamos sozinhos. Ele está conosco até a consumação dos séculos.

Juntos podemos cumprir esta missão como Igreja.