Deuses do nosso Tempo

Publicado em: 2 de julho de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 31

Tags:

Êxodo 20.3

O primeiro mandamento parece ser fácil de cumprir. É estranho, para nós cristãos, pensarmos que podemos ter outro deus além de Yaweh. Porém, o grande desafio deste mandamento é que identifiquemos quais sãos os deuses de nosso tempo, e se, de alguma forma, temos colocado algum desses deuses no lugar ou acima do nosso Senhor.

É muito importante saber que: “Falso deus é tudo aquilo que pode tomar o centro de nossas vidas”. Uma pergunta que devemos fazer a nós mesmos constantemente é: O que é mais importante para nós? Se nosso Deus é o que há de mais importante, então, quanto tempo estamos investindo no relacionamento com ele? Se nessa análise sincera, descobrimos que Ele não é o mais importante, então devemos repensar nossas vidas como cristãos.

Os deuses que considero mais comuns de nosso tempo são: o deus dinheiro (que não é adorado apenas por pessoas ricas, mas principalmente por aqueles que gastam mais tempo tentando ganhar dinheiro do que usufruindo das bênçãos de Deus, ou mesmo gananciosos e avarentos, que preferem guardar seu dinheiro do que investi-lo no Reino); o deus prazer (adorado por aqueles que buscam prazer sem limites. Essas pessoas são insaciáveis e não medem as consequências, contanto que sintam prazeres cada vez mais intensos); o deus modinha (que se modifica a cada instante através de tendências, muitas vezes, prejudiciais a uma vida cristã sincera e verdadeira. Os adoradores desse deus estão sempre atentos e dispostos a imitar tudo que vira moda).

A única forma de lidar com estes deuses e outros é olhando para Cristo. Ele viveu uma vida abnegada, e seu relacionamento com o Pai tem a intensidade que devemos buscar. Olhar para Cristo significa conhece-lo através das Escrituras, segui-lo e imitá-lo em todas as ocasiões de nossas vidas. Então, não tenha outros deuses diante do Deus Vivo e Verdadeiro.