Deus se Esqueceu de Mim?

Publicado em: 26 de novembro de 2018

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 39

Tags:

Salmos 27.10

Ainda que me abandonem pai e mãe, o Senhor me acolherá.

Às vezes podemos ter a impressão de que Deus se esqueceu de nós. Especialmente quan-do algum acontecimento nos aflige de alguma forma, quando passamos pelos desertos da vida ou quando olhamos para a vida de outras pessoas que parecem ter uma vida melhor do que a nossa, sendo que nós servimos a Deus de todo o coração. Isso aconteceu com Asafe quando olhou para a vida de homens maus e notou que havia certa prosperidade na vida deles: “Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos perversos” (Salmos 73:3).

Asafe foi além da simples observação e buscou uma reflexão mais profunda sobre o assunto. O que Asafe fez foi refletir com profundidade sobre a questão e perceber que Deus se lembra sim, tanto dos santos, quando dos perversos, que receberão o justo julgamento: “até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles” (Vs 17). Assim como ele, nós conseguimos encontrar a resposta bíblica sobre se é possível que Deus se esqueça de nós.

Para mostrar com clareza esta verdade Deus usa no texto a figura de uma mãe (Isaías 49:15). Ainda que sejamos abandonados até pela nossa mãe, (algo altamente improvável), Deus não nos abandonará, não esquecerá de Seus servos. Passaremos pelos desertos da vida, mas não sozinhos. O que cabe a nós e aguçar a nossa sensibilidade para perceber Deus ao nosso lado. Geralmente achamos que estamos sozinhos, pois ficamos “cegos”.

Foi o que ocorreu com o servo de Eliseu. Eliseu, com a sensibilidade espiritual mais aguçada, pediu a Deus que abrisse os olhos de seu servo: “SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja. O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu” (2 Reis 6:17). Eles não foram abandonados por Deus, estavam acompanhados e muito bem protegidos. Assim é também conosco.

Nós também precisamos aguçar essa sensibilidade, e isso fazemos buscando ao Senhor mesmo quando estamos tristes, cansados, oprimidos e castigados pelos desertos da vida. Deus se fará presente em nossa vida, pois Ele não se esquece de nós!

Post Anterior:
Próximo post: