Bondade, o Fruto da Misericórdia

Publicado em: 28 de setembro de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 49

Tags: ,

A palavra bondade vem do grego “agatosinê”, que vem de “agatós”, que significa “bom, útil, salutar”. No latim é a expressão “salutare” que significa “amor em ação”. A bondade é um dos frutos do Espírito Santo e está relacionada ao ato de demonstrar a fé através de atos de amor. Foi por isso que Tiago afirmou que a fé sem obras é morta (Tg 2.14-17). No contexto da carta aos Gálatas, a bondade deveria ser exercida principalmente com os da família da fé (Gl 6.9-10), o que não significa que aqueles que não façam parte da família da fé devam ser excluídos.

Quando praticamos o fruto da bondade, duas coisas acontecem:

1) Glorificamos a Deus (Mt 5.16) – não somos salvos por obras, mas para praticar boas obras (Ef 2.8-10). As boas obras refletem o amor de Deus em nós;

2) Somos curados – segundo pesquisas, o segredo da felicidade não está numa casa nova, num carro novo, na roupa da moda, num novo casamento, namoro, ou qualquer outra coisa. O segredo da felicidade está em se envolver em alguma causa e doar-se pelo próximo.

Foi por isso que Paulo afirmou que mais bem-aventurado é dar do que receber (At 20.35). Quando nos doamos pelo próximo somos curados de nosso egoísmo, de nossa mesquinhez e passamos a olhar para os nossos problemas com outros olhos. Atualmente, a igreja que pastoreio tem se engajado na ajuda aos refugiados venezuelanos. Como isto tem feito bem à igreja! Termino o texto com a seguinte pergunta: quem é o meu próximo?

Creio que a melhor resposta é que todo aquele que precisar de mim, este é o meu próximo. Que Deus ajude você a cultivar o fruto da bondade.