A Disciplina da Oração

Publicado em: 9 de agosto de 2019

Categorias: Destaques, Devocionais

Visualizações: 1039

Tags:

O Diabo não descansa. Ele usa situações e pessoas para tentar derrotar a igreja de Deus. Foi assim em Atos 12.1-3 quando Herodes Agripa I foi usado por satanás para perseguir os cristãos e matar a Tiago. Não satisfeito, Herodes pretendia matar a Pedro logo após a Páscoa. É em meio a este quadro de perseguição que a igreja se levanta em oração (v.5). Em Atos 12 vemos que a disciplina da oração ajudou a igreja na vitória contra o inimigo. Lembremo-nos que a disciplina da oração deve ser individual (Mt 6.6) e coletiva (At 12.5; 12). Mas porque a disciplina da oração foi tão importante para a igreja perseguida?

  • Porque ajudou a igreja a vencer as investidas de satanás (vv.1-4);
  • Porque ajudou Pedro a vencer a ansiedade, pois mesmo preso, conseguiu dormir em paz (v.6);
  • Porque ajudou Pedro a ser socorrido por um anjo (vv.7-10);
  • Porque ajudou a igreja a derrotar Herodes (vv.20-24);
  • Porque ajudou a igreja na propagação do evangelho (v.24).

Infelizmente, há muitas reuniões de orações vazias. Infelizmente, muitos cristãos têm se esquecido da vida devocional e deixado a oração de lado. Muitos cristãos preferem passar horas a fio na internet a passar alguns minutos na presença de Deus. Muitos cristãos preferem passar um bom tempo vendo novelas imorais a buscar a Deus em oração. Fazem isso porque desconhecem o poder da oração e sua importância. Guardemos estas palavras: “Nenhuma oração, nenhum poder. Pouca oração, pouco poder. Muita oração, muito poder”.

Aliás, você já orou hoje?