Novas Gerações

Publicado em: 13 de julho de 2018

Categorias: Notícias

Visualizações: 97

Tags:

Esses dias atrás fui convidado por um amigo para participar de um culto em um local que fica uns 50 kms de distancia de casa. O culto estava marcado para as 7 horas e eu cheguei um pouco mais cedo. Local complicado de ser achado e acesso difícil. Chegando lá não tinha ninguém. Tentei contato com meu amigo, mas não obtive sucesso. Tive a impressão de estar no local errado. Resolvi esperar ali mesmo. Quando faltavam 5 minutos para as 7 horas dois jovens abriram a porta daquele local. Era um porão, empoeirado, pequeno, quente. Ali havia umas poucas cadeiras e um púlpito  Perguntei para aqueles 2 jovens se o culto aconteceria. Eles um pouco desconfiados fizeram algumas perguntas para mim, de como eu sabia da reunião. Depois desses questionamentos, eles afirmaram com entusiasmo, que o culto começaria as 7 horas em ponto. Eu sentei-me no chão e fiquei pensando, vamos ser só nós 3 nesse culto, creio que nem meu amigo vem hoje. Deus calou a minha incredulidade em 3 minutos. Apenas 3 minutos se passaram e tínhamos ali naquele porão pequeno, cerca de 40 pessoas.

O que mais me deixou impressionado era que eram na sua maioria jovens. Era apenas eu e mais duas pessoas mais velhas. Estava me sentindo um peixe fora d’água. Enquanto eu admirava o número de jovens, entrou mais uma jovem com um teclado debaixo dos braços. As sete horas em ponto o culto começa com uma oração e louvor. Entre um louvor e outro, expressões de adoração a Deus podiam se ouvir. Aqueles jovens louvavam a Deus com entusiasmo e alegria. No meio do culto, dois jovens deram seu testemunho de conversão. Logo depois um deles trouxe uma mensagem muito desafiadora e edificante. Mais louvor e um apelo no final do culto para quem gostaria de entregar sua vida a Cristo. 4 jovens se ajoelharam e oraram pedindo por uma transformação de vida. O culto terminou e ainda teve um cafezinho a todos. Meu amigo não veio mesmo, mas havia até me esquecido desse detalhe.

No caminho de volta para casa fiquei pensando. Essa é a nova geração que Deus está levantando para assumir a liderança e fazer diferença. Meu coração se encheu de regozijo por saber que Deus está levantando outros, para passarmos o bastão, quando nosso tempo aqui acabar. Não fiz nada nesse culto, apenas fui um expectador admirado, contagiado, emocionado e com vontade de fazer a oração de conversão novamente. Num local que não havia conforto nenhum, havia jovens com corações sedentos e a presença maravilhosa do nosso Criador. Obrigado Deus por me presentear com experiências como essas.

Esta e outras experiências você terá também em nossa conferência missionária, de 28 a 29 de Julho com o Rev. Osni Ferreira na IP Bela Jerusalém.

INSCREVA-SE PARA NOSSA CONFERÊNCIA MISSIONÁRIA, CLIQUE AQUI

Post Anterior:
Próximo post: