As Revelações de Deus

Publicado em: 14 de março de 2019

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 39

Tags: ,

Primeira Parte

REVELAÇÃO é o ato de apresentar, aparecer, mostrar, transparecer ou divulgar algo que era secreto. Quando usamos este termo em relação a Deus, estamos falando acerca da ação sobrenatural pela qual Ele faz conhecer suas verdades. Ário afirmava que o homem não pode revelar a Deus uma vez que o próprio Deus não consegue se revelar. Esta é uma afirmação parcialmente incorreta, pois o homem não pode revelar a Deus se Ele não se revelar primeiro. Porém, Deus pode tudo, inclusive se revelar.
Quando começamos a sentir em nosso coração o desejo de buscar a Deus, de conhecê-lo, de querer uma comunhão com Ele é porque Deus nos procurou primeiro, ou seja, Ele se revelou a nós. Sempre é Deus que dá o primeiro passo, sem isso, dada a nossa natureza corrompida, nunca nos chegaríamos a Ele. C.S. Lewis afirma: “Quando se trata de conhecer a Deus, toda a iniciativa depende dEle. Se Ele não se quiser revelar, nada do que façamos nos permitirá encontra-lo.”

E mesmo quando Deus se revela a nós temos acesso apenas a uma pequena parte de Seu ser, uma vez que somente o Espírito de Deus pode conhecer toda a Sua essência (1Co 2.10-11). Porém ao homem é possível conhecer a Deus numa medida que é perfeitamente adequada às suas necessidades.
As revelações que Deus faz ocorrem de formas diferentes e, portanto, são classificadas como tal. As revelações de Deus podem ser, em um primeiro momento, separadas em revelações naturais ou sobrenaturais.

REVELAÇÕES NATURAIS

Estas ocorrem por meio dos fenômenos da natureza, daquilo que ocorre naturalmente e na constituição do homem. Quem nunca olhou para o céu em um lindo dia ensolarado e contemplou o poder criacionista de Deus? ou olhou para a complexidade do corpo humano e se perguntou como tantos órgãos diferentes podem funcionar tão harmoniosamente para que eu possa viver? Estas revelações (sol, chuva, frio, calor, plantação, colheita etc.) são mostras naturais de que Deus existe e que não viemos de uma explosão cósmica aleatória. Mostra, também, que o homem que não procura conhecer a Deus não tem desculpa, pois a natureza e o universo sussurram em nossos ouvidos que somos criações de Deus (Ro 1.20).

REVELAÇÕES SOBRENATURAIS

São acontecimentos que fogem do curso que chamamos de natural. São intervenções diretas de Deus e mostram seu poder e controle sobre toda a criação. Moisés, grande homem do Senhor, abriu o mar vermelho não pelo seu poder, mas pela ação milagrosa de Deus (Ex 14.21-22). Veja, esta ação modifica o curso natural das coisas (o mar não se divide em duas colunas de água naturalmente), este é um dos muitos exemplos de uma revelação sobrenatural de Deus. Outro exemplo é a sarça ardente (Ex 3.2) que não se consumia com o fogo. Jesus, sendo Deus encarnado, também realizou muitas revelações sobrenaturais do poder de Deus. Apenas para citar três ocasiões temos: Jesus ressuscitando Lázaro (Jo 11.43-44); transformando água em vinho (Jo 2.2-11) e multiplicando o pão para mais de cinco mil homens (Jo 6.11-13).