A obra de Cristo

Publicado em: 22 de dezembro de 2019

Categorias: Destaques, Estudos de Quinta Feira

Visualizações: 64

Tags: ,

Jesus Cristo é Deus, mas também executou ofícios para honra e glória de Seu nome e do Pai. Veja quais foram:

CRISTO COMO PROFETA

Um profeta recebe as revelações divinas de Deus e as repassa ao seu povo. Cristo fez muitas revelações, Ele mesmo se declarar profeta (Lc 13.33) e as escrituras também (Dt 18:15).

CRISTO COMO SACERDOTE

Qual a diferença entre profeta e sacerdote? O profeta era o representante de Deus junto ao povo. O sacerdote era o representante dos homens junto a Deus. Cristo foi e é mediador dos homens com Deus e de Deus com os homens, ele é o único caminho (Jo14.6). Cristo foi sacerdote e sacrifício (Zc 6.13; Hb 10.12; Ef 5.2).

CRISTO COMO INTERCESSOR

Cristo é o nosso advogado junto ao Pai. Sua intercessão se baseia no seu sacrifício expiatório, é a finalização de seu ofício sacerdotal. Essa intercessão não se limita a oração por parte de Jesus, Ele apresenta continuamente seu sacrifício a Deus em nosso favor, reivindica benção a nós, responde pelas acusações de Satanás. Na carta de Paulo aos Romanos ele afirma: “Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós.” (Rm 8.34)

CRISTO COMO REI

Como filho de Deus, participa de Seu domínio. Sua realeza se baseia na sua natureza divina. Lucas afirma: “ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim” (Lc 1:33).